domingo, 24 de setembro de 2017

Coisas que eu gostaria de ter sido avisada

2010: não vale a pena insistir em quem não gosta de você e existem coisas bem mais interessantes dentro de casa do que a tela do computador; 

2011: não é o fim do mundo, nada é; vários começos pra você; 

2012: força, uma das piores fases da sua vida chegou e as inseguranças chegaram junto com ela;

2013: força, 2012 não foi nada; 

2014: escolhas erradas vão te amadurecer, aproveite bem; 

2015: não se deixe apagar não se deixe apagar não se deixe apagar não se deixe apagar não se deixe apagar não se deixe apagar não se deixe apagar não se deixe apagar não se deixe apagar não se deixe apagar não se deixe apagar não se deixe apagar não se deixe apagar não se deixe apagar não se deixe apagar; 
(apagou)

2016: para de se diminuir;

2017: TCC bateu na sua porta e você tem que escrever um pouco todo dia;

Devia ter

Devia ter explodido

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Madrugada

Depois de quase 4 anos sem uma postagem que permanecesse aqui e que realmente me fizesse pensar "Nossa, até que não está tão ruim vindo de mim...", eu resolvi voltar e sacudir a poeira aqui. 
Talvez essa seja minha última postagem ou talvez a primeira de muitas esse ano. Fui me tornando tão crítica em relação as coisas que me rodeiam que não sentia muita vontade de falar sobre nada, comecei ficar quieta e me isolar. Quem me acompanha em redes sociais sabe que eu mudei nos últimos anos e comecei guardar as coisas pra mim. 

Agora chegou a hora de explodir essas coisas em algum lugar. 

Esse título do blog tem que combinar: Sixpounder!